18/12/14

Pais e FIlhos

Ontem assisti o filme "Gonzaga - de pai para filho". Achei interessante, pois não conta simplesmente a história de Luiz Gonzaga, que me desculpem os fãs, nunca me chamou muito a atenção, mas o filme fala sobre o relacionamento pai e filho. Luiz Gonzaga e Gonzaguinha. 

Você com certeza deve conhecer alguma música do Gonzaguinha, pelos seus pais ou avós, a mais conhecida é aquela assim "Viver e não ter a vergonha de ser feliz... cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz, eu seiii que a vida devia ser bem melhor e será, mas isso não impede que eu repita... é bonita é bonita e é bonita"

Ok, voltando.

http://jornalggn.com.br/


Relacionamento entre pais e filhos são divididos entre:
Invejáveis - Aqueles relacionamentos maravilhosos onde pais e filhos se entendem no olhar;
Neutros - Neutro é neutro mesmo;
Desastrosos - Relacionamento Torre de Babel, ninguém se entende.

Passeamos entre eles, mas um invejável nunca será desastroso e vice versa. Desculpa, é verdade.

Ter um relacionamento invejável com seus pais não significa que não há brigas, que não há discussões, que não há diferenças. Ter um relacionamento desastroso não significa que não há amor, carinho, preocupação.

O que muda é a nossa maturidade. Lembro das brigas terríveis que tinha com a minha mãe quando era pequena, hoje simplesmente não dá pra sair batendo a porta do quarto. Sim, meu relacionamento com a minha mãe pende para o desastroso. Precisamos nos vigiar o tempo todo.

Vimos o mundo de maneiras totalmente diferentes, mas nos amamos. Trabalhamos juntas, rimos muito juntas e eu adoro quando isso acontece, mas se eu falar A, ela vai responder B e eu vou entender C, pronto, a briga está formada. Isso ocorre mesmo quando estamos falando sobre a mesma coisa. 
Se ela falar vira "pra cá", o meu "pra cá" é diferente do "pra cá" dela, SEMPRE! Achava que era implicância, que ela me odiava, e blá blá blá, quando na verdade só pensamos diferente e podemos nos adaptar a isso, não podemos?

É normal. Se você acha que não escolheu seus pais, acredite, eles também não escolheram os filhos que tem. 

O certo é que é um laço eterno, por mais que pais e filhos briguem, deixem de conversar, deixem de se ver, não há como apagar o fato de ser filho ou pai de alguém. Portanto, melhor tentar crescer.

"Você culpa seus pais por tudo, isso é absurdo, são crianças como você, o que você vai ser quando você crescer?"


Você se entende bem com seus pais? Pelo sim ou pelo não, aproveite, ouça, ria.

17/12/14

Natal É Tempo De... Comprar!

Impossível não falar de natal em dezembro. Há quem ame, há quem odeie e "há eu" que estou no meio. O que eu mais gosto no natal? Presentes!!

Natal é só mais um motivo para consumidoras compulsivas repreendidas (como eu) poder gastar sem culpa, afinal é natal!

Por isso separei aqui três lojas que vendem coisinhas fofas que eu adoro.

1. Boutique de Achados



2. Toda Coisinha



3. Calda de Morango


Ai, quantas coisinhas.

Penúltimo dia de trabalho... Vem ni mim Férias!!!


12/12/14

2 anos de "As Besteiras"

Gente!!!

Me dei conta de uma coisa muito legal. Hoje é aniversário do Blog, 2 aninhos de idade!! ÊÊÊÊ

http://pertodistante.com.br/


Fiz o blog exatamente no dia 12 do 12 de 2012... Cabalístico!!!

Quando comecei não tinha pretensão de nada, na verdade ainda não tenho. Ele só serviu como válvula de escape para algumas coisas que eu estava passando e hoje ele é meu xodozinho!

Meu obrigada para todas as blogueiras que passam por aqui e deixam seu carinho, vocês fazem parte da minha vida agora, existem blogueiras aqui, realmente especiais.

Neste aniversário do "As Besteiras", eu desejo que todo blog tenha vida longa e vida própria.

Beijos Blogueiras! Continuem sempre postando com alegria nunca com obrigação!

08/12/14

As Besteiras Que Eu Falo

O Nome deste blog deveria mudar de "As Besteiras Que Me Contam" para "As Besteiras Que Eu Falo".

Eu tenho um dom, e esse dom é falar demais.

O pior é que eu falo e na hora que as palavras estão saindo da minha boca eu percebo que a expressão na cara da pessoa que está ouvindo já mudou, então eu tomo consciência de que estou falando uma bela de uma Mer**. Pronto, eu vou pensar nisso o resto do dia, e depois que passar um tempo eu vou lembrar da situação e sentir a mesma vergonha que eu senti na hora. Ficou sofrendo dias.

Toda vez  que isso me acontece (quase sempre) eu penso, Por que é que eu não consigo guardar a minha língua dentro da boca, Sra-opinião-para-tudo? Precisa falar tudo que vem na cabeça, sua mãe não te ensinou que de boca fechada não entra mosca?

Sim, ela me ensinou, sou eu que não aprendo nem no amor e nem na dor.

Enquanto isso, eu continuo envergonhada pelos foras que eu dou, pelas porcarias que eu falo e pelas moscas que eu como.

http://goias24horas.com.br/

05/12/14

TAG: Beatles + Livros

Hoje vou Responder uma TAG que eu vi no blog Pétalas de Liberdade e fiquei apaixonada. Tive que responder aqui! Parece que quem criou essa TAG linda foi a blogueira do Who's That Girl? (Sempre bom dar créditos...)

A Tag junta as músicas dos Beatles com Livros - Amo os dois! (Hoje eu estou amando tudo muito mesmo...Rsrs) Vamos lá?




1. P.S I Love You - Um livro/saga que você quer dizer a todo mundo que ama ele/ela!

R: Fazendo Meu Filme - Paula Pimenta (Como não amar??)

2. We Can Work It Out - Um livro que você tentou e tentou ler mas não conseguiu terminar!
R: Melancia - Marian Keyes (Li pelo menos as 50 primeiras páginas, e não deu mesmo, abandonei...)

3. I Wanna Hold Your Hand - Um livro que você quer levar pra todo lugar.
R: Sempre o que eu estiver lendo no momento. Hoje é o Liberdade Crônica da Martha Medeiros.

4. A Hard Day's Night - Um livro que você virou a noite lendo.
R: Tudo que é sólido pode derreter - Rafael Gomes (Baseado na série da Tv Cultura. Enlouqueci com ele, passei pelo menos umas duas noites acordada lendo. Ele traz clássicos da nossa literatura para situações atuais e romancezinhos no meio...amo! )

5. And I Love Her - Um personagem que você ama.
R: Meu personagem não é fictício, é o Oskar Schindler. Li a Lista de Schindler e me apaixonei por ele. Por tudo que ele fez, pelas pessoas que ele salvou e mesmo ele sendo um "anti-herói" não tem como não se emocionar com sua história. 

6. Eight Days a Week - Um livro que você leu sem parar até terminar.
R: Anna e o beijo francês - Stephanie Perkins (Fofoooo)

7. Things We Said Today - Uma frase que você mais gosta de um livro.
R: "A felicidade é uma isca pendurada na altura dos olhos. Tentar alcançá-la é o que nos move." Liberdade Crônica - Martha Medeiros

8. With a Little Help From My Friends - Um livro que você pegou emprestado.
R: Eu, Cristiane F.,Treze anos,drogada,prostituída - Kai Hermann (Livro que me chocou muito, li na adolescência e peguei emprestado da Rê, minha melhor amiga na época).

9. Cry Baby Cry - Um livro que te fez chorar.
R: UNA! Um Novo Amanhecer - Cinthia Freire ( É um livro lindo, virei a noite lendo e chorando, e lendo e chorando mais um pouco). Ah! Conheci a Cinthia na Bienal deste ano aqui em SP, ela é uma fofa, manda o livro autografado para as meninas, super interage com as leitoras, quem se interessar o face dela é esse aqui.

10. Come Together - Um livro que você recomenda a todo mundo.
R: Depois daquela viagem - Valéria Piassa Polizzi (História real da Valéria, que pega Aids do namorado na primeira relação sexual... vale a pena lembrar... Use camisinha!)

11. Yesterday - Um livro que te dá saudade/faz sentir nostálgico(a).
R: A Arte de correr na chuva - Garth Stein (Não sei porquê, mas acho que é pelo Senna, sei lá...)

12. Helter Skelter - Um livro cheio de reviravoltas.
R: Garota Exemplar - Gillian Flynn (Caramba que livroooo!!)

13. Getting Better - Um livro que só ficou bom no final.
R: Feios - Scott Westerfeld (Não me envolveu muito, mas no fim fica interessante)

14. A Day in the Life - O livro mais rápido que você leu.
R: Pegando Fogo - Meg Cabot (Foi em um dia)

15. You've Got to Hide Your Love Away - Um livro que parece que só você gosta.
R: A Menina que roubava livros - Markus Zusak (Todo mundo que eu converso fala que teve dificuldade para chegar até o fim do livro, eu amei esse livro do início ao fim)

16. It Won't Be Long - Um livro que você queria que tivesse durado mais.
R: Menina de Vinte - Sophie Kinsella (Livro muito engraçado, daqueles que você solta altas gargalhadas lendo e as pessoas que estão perto acham que você é doida).

17. Not a Second Time - Um livro que você não tem mais vontade de ler.
R: Fangirl Girl - Rainbow Rowell (Li Eleanor & Park e não gostei, aí perdi a vontade de ler outros livros da autora.)

18. I Saw Her Standing There - Um livro que foi amor a primeira vista (capa).
R: A Parisiense (Não é uma história, mas esse livro é lindo de pegar!rsrs)

19. Real Love - Um personagem que você gostaria que existisse de verdade.
R: Sadie - Menina de Vinte - Sophie Kinsella (Sadie é a tia-avó fantasma da personagem principal do livro, ela é tão moderna e divertida, gostaria que ela fosse de verdade.)

20. From Me To You - Indique três livros.
RExtraordinário - Livro incrível / Feliz Ano Velho - Pesado e Leve ao mesmo tempo. Pode isso?/ 
Lonely Hearts Club - Que usa como "cenário" os Beatles! Amo!

Feliz de ter respondido essa Tag!!! Bom fim de semana galerinha linda!!

01/12/14

Nado Sincronizado e o Esporte no Brasil

Neste final de semana rolou o Campeonato Brasileiro (Júnior e Sênior) de Nado sincronizado. “Ah JuJu! como que você sabe uma coisa dessas? Nem sabia que tinha nado sincronizado no Brasil.” 

Pois é, eu só sei porque tenho uma amiga que faz esse esporte que é tão lindo e tão desconhecido aqui, em terras tupiniquins. Procurei por informações sobre o evento na internet e não achei nadinha de nada. Não é um absurdo?

Aí eu me pergunto, como é que o Brasil quer fazer bonito nas olimpíadas do Rio, se não incentiva o esporte?

Só futebol e vôlei que tem incentivo? Atleta tem que matar um leão por dia para conseguir treinar bem, manter a vida. Conseguir patrocínio não é para qualquer um.
Vocês devem saber quem é o César Cielo...

http://www.correiodeuberlandia.com.br/


Campeão olímpico, né? Você deve imaginar que ele foi apoiado pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). A resposta é não, ele não foi! Ele foi treinar nos EUA, ele pagava sua hospedagem, alimentação e até mesmo o técnico. Ele fez a carreira dele sozinho.

Não sei, acho todo que atleta (não só jogador de futebol) deveria ser mais respeitado e mais apoiado, ainda mais no Brasil, onde o esporte tira das ruas milhares de crianças que não tem perspectiva de um futuro melhor. “Claudineis Quirinos”, “Róbsons Caetanos” e “Daianes dos Santos”, que estão por aí, cheios de talentos, aguardando um apoio!

Enfim, é o que tem para hoje. Trouxe para vocês as fotos que eu tirei do evento. Primeiro foram as apresentações solo e depois em equipe, as duas são lindas de assistir, mas em equipe as meninas conseguem fazer mais coisas, saltos e acrobacias de tirar o fôlego



Preparando ...

Perninhas para cima!

Minha foto preferida!

Mais pernas.

Adoro essa também!


Linda, linda, linda!

Equipes se apresentando.


Quem assistiu Ra-Tim-Bum na vida, essas são as sereias de água doce!

Olha elas aí de novo. As Pernocas.



Preparando para mais um Tchibum

Bonitinhas!

Mãozinhas também aparecem bastante 

E vai pra lá. 

E vem pra cá.

E pede uma benção!

E comemora a benção

Olha pose!

Se joga menina!

Tão legal!!!

E festinha na água!



Gente, é muito legal, é muito bonito. Quem, algum dia tiver a oportunidade de assistir ao vivo, vá! Vale a pena, As meninas treinam muito e fazem coisas lindas dentro da água! Torço para que consigam se destacar. E quem sabe um dia o Brasil será além do "país de todos", mas também de todos os esportes?







27/11/14

Ajeitando a Árvore de Natal - Símbolos e Significados

Faz alguns anos que eu parei de arrumar a casa para o Natal por muitos motivos que não vou falar agora. Este ano resolvi montar uma arvorezinha, ainda não é o que eu coloquei na minha lista de 101 coisas, mas é um caminho!

Resumo da minha montagem - foco no neguinho que estava super curioso com o que estava acontecendo!!!

O Natal é uma festa cristã, e tem um significado bonito e já bem conhecido por seguidores de outras religiões ou não. No natal comemoramos o nascimento de Cristo. Dãããã... isso todo mundo já sabe. O que eu fui pesquisar é por que nós montamos uma árvore e por que a enchemos de penduricalhos?

Na verdade a árvore de natal, que é um pinheirinho (Pinheirinhos que alegria, tralalalala lala lalá - Sinos tocam noite dia tralalalala lala lalá) significa vida, pois o pinheiro é uma árvore que se mantem verdinha mesmo em temperaturas baixas, quero dizer, ele não perde as folhas como a maioria das árvores perdem no inverno.

As bolinhas coloridas significam frutos, enquanto o delicioso pisca-pisca simboliza todas as estrelas do céu e a ponteira, que é aquela estrela grande que fica na ponta da árvore é a estrela de Belém, aquela que guiou os três reis magos para presentearem o menino Jesus.
Aliás é graças a eles que recebemos presentes, pois essa tradição de troca de presentes vem graças a esses senhores.

Os sinos são a mensagem de alegria pelo nascimento de Cristo (Bate o sino pequenino sino de beléééém....) e as cores típicas verde e vermelho são a luz, esperança e proteção!

Divertido né... é não me considero religiosa, mas gosto de saber essas coisinhas!

Montei a minha "arvorinha" sozinha, errr, quer dizer o neguinho me ajudou um pouquinho.


E olha ele ali no canto da foto só xeretando!


Eu na bolinha


Quase terminando

Gente que emoção, era a primeira vez que eu ia colocar uma ponteira na árvore de natal, quando eu era criança minhas árvores nunca tinham ponteira!


E olha ela pronta aí!

Viu? Eu tenho uma ponteira!

Pon-tei-ra ... Ponteira!!!


E assim ficou minha árvore de natal, só estão faltando uns presentes embaixo dela.... Quem quiser me mandar algum, agradeço! rsrs


Você curtem essas tradições natalinas? Gostam de enfeitar a casa ou gostam só de ganhar presentes mesmo?? Rsrs