29/07/14

A Rua Orfanato

A rua Orfanato é assim cheia de donos. Aqui até o barulho dos ônibus passando é dono da rua.

Fonte: http://magelstudio.com.br/

A menina (interesseira? Não sei.) que trabalha na loja de roupa infantil, atravessa a rua correndo apenas para jogar charme no menino filho do dono da papelaria. Um casamento interessante, mas não tenho certeza se ele se encanta com jeito da moça, parece bem mais interessado no cigarro que não sai da boca.

O senhores que trabalham na loja de sapatos são sempre muito simpáticos e solícitos aos perdidos que ficam no ponto de ônibus em frente a loja. Os perdido geralmente são aqueles que saem do posto do INSS, aposentados ou desolados. 

Tem a Wilma, dona da loja de "delícias-deliciosas", mas que não vende só chocolates, vende perfumes, vende natura e vende revistas. Se você precisar de um cachecol, também acha por lá. 

O marido dela conserta máquinas de lavar um pouco mais para frente. Isso acontece muito na Rua Orfanato, casais que trabalham lá, cada um em um número. Como o Sr. João da banca de jornal, que é casado com a dona Maria, que trabalha em uma das muitas lojas de roupas que a rua tem.

Tem gente que não nasceu aqui não.
O Sr. Sabato veio da Itália, lutou no exército italiano, mas veio parar no Brasil por conta da guerra. Ele tinha uma lojinha de roupas femininas, mas a fechou faz alguns meses e agora só nos encontramos na cafeteria, ele tomando café e eu chocolate.

Tem a Mary, que apesar do nome americano, é japonesa e é casada com um chileno. Eles compraram a lanchonete aqui embaixo há pouco tempo, mas trouxeram com eles a melhor coxinha que eu já comi.

Tem o menino chatão da loja de informática, tem aquela moça careira da loja de fotografia, tem o povo estranho "barra" simpático do cartório e tem gente que eu nem sei de onde é, mas todo dia vejo na rua e dou bom dia.

Essa rua é assim mesmo, repleta de estranhos conhecidos e conhecidos estranhos.

28/07/14

Wishlist de Aniversário - Para quem se interessar!

Dia 02 de agosto completo mais um aninho de vida... Um total de 28 anos... os trinta estão chegando...mas estou bem, estou feliz, até vi uma lista de coisas para se fazer até os 30 e já fiz a maioria...então estou tranquila...

Mas estou mesmo é pensando nos meus presentes, no que gostaria de comprar, de ganhar, ou só sonhar mesmo!



1. Chapéu Clochê - Não é de hoje que eu sou apaixonada por chapéu, mas desde que li "Menina de Vinte" que quero um chapéu desse modelo, que é anos 20...

2. Box da Saga Crepúsculo - Todos os filmes que na verdade são sagas, trilogias, ou que tenham pelo menos mais de 2 filmes, eu espero que lancem o Box, fiz isso com o Harry Potter, comprei o Box bem bonitinho, agora tenho que comprar o box do Crepúsculo, já tem na Saraiva, e nem é tão caro.

3. Viagem para Europa - Um dos meus sonhos na vida é realizar uma viagem à Europa, passando por Paris, Londres, Roma, Amsterdã, Berlim, enfim... 3 meses de viagem seriam suficientes... Vai para a wishlist.

4. Ingresso para O Rei Leão -  Esse musical está em cartaz aqui em São Paulo há algum tempo, eu estou louca para ir, mas os valores são salgadinho, mas no aniversário vale a pena!

5. Livro "Feliz Ano Velho" - Esse livro é antigo, muito falado, mas nunca tive a curiosidade de Lê-lo, até assistir o episódio 2 da Série "A Vida de Rafinha Bastos". Isso porque o episódio é quase uma homenagem ao escritor Marcelo Rubens Paiva.

Tá bom de presente por esse ano!! Se pelo menos a viagem acontecer, já fico satisfeita! rsrsrs



21/07/14

Menina de Vinte

O que eu fiz de bom nas férias? Além de invadir a Disney, eu Li! Li muito, como nunca...

Mas o livro que eu mais gostei (quer dizer, o livro que eu me apaixonei) foi o livro Menina de Vinte, da Sophie Kinsella, a mesma autora de Os Delírios de Consumo de Becky Bloom...


A sinopse do livro é essa aqui (Skoob): Lara Lington sempre teve uma imaginação fértil. Agora ela começa a se perguntar se está ficando maluca de vez. Meninas normais de vinte poucos anos não veem fantasmas, né? Pelo menos era o que ela pensava até o espírito da tia-avó Sadie, que foi uma jovem dançarina de Charleston com ideias avançadas sobre moda e amor, aparecer misteriosamente com um último pedido: Lara precisa localizar um colar que foi dela por mais de 75 anos. Só assim tia Sadie poderá descansar em paz. Além de encontrar a joia, Lara tem que lidar com probleminhas do dia a dia: a sócia foi curtir um romance em Goa, sua empresa está afundando e ela acabou de ser abandonada pelo homem “perfeito”. Nesta divertida história, Lara e Sadie são duas meninas de vinte bem diferentes que vão aprender a importância dos laços familiares e da amizade




O que eu achei: Lara e Sadie são simplesmente hilárias quando estão juntas, perdi a conta de quantas pessoas me olharam com cara de doida por rir sozinha dentro do metrô. O problema que agora eu sou uma apaixonada e viciada em anos 20!!! Que que eu faço? Quero usar as roupas da época, os chapéus, dançar Charleston, que eu até fui procurar no youtube e é muito legal!! Li super rápido o livro, se você quer dar umas risadinha, vale a pena!

Posso andar assim?

Bom... os passinhos de Charleston eu já estou ensaiando...
Mas tá mais fácil dançar funk!




05/05/14

Mudando o Cabelinho


Oi amigas!!

Hoje o post é sobre minha primeira mudança de cabelo (mãozinha no topo de nariz e suspiro - que emoção).

Eu tenho o cabelo bem pretinho, e há algum tempo os brancos começaram a me assombrar. Para quem ainda não tem cabelo branco, ele é um cabelo chato, ele é rebelde, fica espetado e brilha!!! Sim ele brilha, para quem tem cabelo preto então, ele é quase um neon. 

Por isso, resolvi que era a hora de mudar. Meu cabelo era virgem, nunca tinha feito nada nele, nem mechinha, nem californianas, nada!

Fui no Gil, meu cabeleireiro de confiança ( Ele cortava minha franjinha quando eu era pitchutchuca, fez meu penteado de formatura E de casamento), falei que queria mudar, mas tinha medo de me assustar com o resultado.

Ele foi um lindo, falou que a melhor opção seria fazer luzes acobreada, isso não pinta os brancos, mas ele disse que disfarçaria muito. E o que aconteceu foi exatamente isso! Eu amei o resultado!!! Tirei fotos com o iPod, a qualidade não está muito boa, mas dá pra ver que mudou um pouquinho!


Antes...
Cabelo pretinho

Durante:
A ansiedade!!

Depois:
Linda pra xuxu!!

Resumo:

Meninas o que vocês acharam???

Você mexem muito nos cabelos? Como eu nunca tinha feito nada, foi uma aventurazinha!rsrsrs



01/05/14

52 Weeks Project - Semana 13 - Indoor

Muitoooo gostoso fazer as fotos dessa semana!! 

Dentro de casa muitas coisas fofas existem. 

Espero que gostem!!

Bjo e bom fim de semana amores!!



   








30/04/14

Contos de fadas

Meninas demoram para perceber que príncipes encantados podem chegar em cima de bicicletas ou até mesmo a pé. Custam a descobrir que beijo de príncipe encantado não deve despertar a princesa, mas sim fazer com que ela sonhe.

Meninas não enxergam que sapos não se transformam com um beijo, mas sim com amor e principalmente com paciência. Muita paciência.

Fonte:keullyamorim.blogspot.com


Contos de fada são lindos mas são "contos" e não "biografias". Na vida real, muitas maçãs envenenadas aparecem entre o beijo e o "felizes para sempre", quem escolhe morder, ou não, a maçã oferecida pela bruxa é você, a princesa da história...

Ah sim! Eu acredito em finais felizes!